23 de agosto de 2010

Previsão do tempo: céu azul

Depois que a maré brava passa, a gente consegue começar a avaliar como a enfrentamos. Parece loucura pensar nos três últimos meses quando as nuvens começam a afastar e deixam aparecer o lindo céu azul daqui. 
Posso dizer que tudo está melhor. Consegui a vaga no restaurante espanhol. Sem muita dificuldade, a entrevista foi tranquila, já que o inglês já não me atrapalha tanto. O teste - "trial" - foi ótimo, já que, convenhamos, três meses de experiência já dá pra saber bem o que uma garçonete tem ou não que fazer. Mas quando falei pro meu chefe do Boteco que eu ia sair de lá pra ficar no espanhol, ele acabou me propondo mais horas fixas pra eu ficar. Ou seja, continuo no mesmo bar, mas "teoricamente" com mais horas regulares. Bom, vamos ver até quando vai durar, porque contrato de trabalho aqui é aperto de mão e olhe lá!
Já o Ti tá se dando super bem nos eventos. O gerente de lá gosta muito do trabalho dele e ele tem conseguido muitas horas durante a semana. Também, pra quem conhece, sabe que o menino é pau pra toda obra, não nega trabalho e já fez de tudo aqui: ajudante de obra, mudança, lava-carros, lava-louça, garçom, chef de cozinha... isso porque foram só três meses... Nem preciso dizer que toda essa luta tem proporcionado um aprendizado de vida única pra nós. Amadurecemos muito individualmente e acima de tudo como casal, e estamos muito felizes.
Além de tudo isso, estou bastante animada pra tentar uma bolsa pra fazer pós-graduação por aqui. O meu curriculum tem muitas chances por ter me formado na USP e a única coisa que ainda falta é a nota sete no IELTS - o teste de proficiência que já havia comentado antes - e estou chegando lá. E esses planos tem me motivado bastante pra seguir em frente por aqui...
Ah, e a última novidade é que os pais do Brunão estão passando uma temporada aqui em casa. Está sendo muito divertido, é muito gostoso ter a sensação de ter "família" por perto, pra matar um pouquinho da imensa saudade da nossa...







OBS: Kerli e Peixe, tenho pensado demais em vocês todos esses dias, e consequentemente vcs tem estado nos sonhos em que eu me aventuro pelo Brasil rsrs Estou mandando tanto pensamentos positivos que vocês nem acreditam!!! E quero deixar aqui registrado que desejo a vocês um casamento maravilhoso, cheio de alegria e felicidade!!! Amo muito vocês!!!

4 comentários:

Leonardo disse...

é isso ai meus queridos! a jornada é longa!! Aline, avisa ao Tiago q estou indo morar em Brasilia agora. estou deixando a bahia! hehe. Beijão pra ces 2!!!

By Leogump

Kerli Saori disse...

Depois de ter lido todo o seu post ver a sua OBS logo embaixo me deixou com os olhos cheios de lágrimas...
Vê-la feliz e cheia de planos, diminue um pouquinho esse aperto no peito de saudadessss...
Obrigada pelo recado especial, por todo "positive vibration" e pela amizade!!! Amamos você!!! Vocês estarão no nosso casamento pelos nossos corações!

Peixe disse...

Nossa, Lica... Faço das palavras da Sá, as minhas... Fiquei emocionado mesmo! Obrigado por tudo, vocês sempre serão os nossos padrinhos! Grande beijo para os dois!!!

Swamy Mello disse...

Bom, infelizmente nós não vamos poder estar aí com vcs nesse dia tão especial. Muito infelizmente mesmo...
Não vamos poder retribuir o fato da nossa querida Lica, ter estado e dividido conosco esse momento das nossas vidas, desde a escolha das alianças, do noivado, dos preparativos, até o altar.
Por isso, o que nós não vamos poder dizer a vocês em um abraço bem apertado e cheio de lágrimas, vamos dizer aqui, de longe, morrendo de vontade de um abraço, mas ainda assim cheios de lágrimas...

Lica e Thi,
Todo mundo diz que o casamento é difícil... Bom, a gente não concorda 100%. Concordamos que fácil não é, é trabalhoso.Por isso, desejamos a vocês paciência e serenidade para arregaçar as mangas todos os dias e transformar seu casamento numa história de alegria para os dois.
Brigas virão... e não serão poucas... Mas fiquem sabendo desde já, casal que não briga, não é casal de verdade. É casal de propaganda de margarina.
Uma briga é sempre boa porque faz a gente lembrar de quem a gente é, de que a gente erra, de que a gente tem que saber perdoar, de que a gente é humano.
É nessa hora que a gente tem que mostrar a força do casamento. Não se sintam mal pelas brigas, se sintam bem por passar por todas elas cada vez mais fortes.
Momentos felizes também virão... Graças a Deus... Desejamos que vocês saibam aproveitar e respeitar cada um deles, como únicos, simples e inesquecíveis.
Desejamos a vocês uma longa história, de união, de fidelidade, de honestidade e, acima de tudo, de amor. Que venham novas viagens, conquistas, casas, carros, filhos, netos e por aí vai...
E deixamos uma mensagem final que ouvimos no dia do nosso casamento: a partir de hoje vocês não são simplesmente marido e mulher, vocês são maduros o suficiente para viverem uma vida juntos.
Muitas felicidades! Amamos vocês!

Para a Lica que ouviu, sabe o quanto esse texto é especial pra gente. Deixamos ele aqui para vocês, de presente no casamento:
Promete não deixar a paixão fazer de você uma pessoa controladora, e sim respeitar a individualidade do seu amado, lembrando sempre que ele não pertence a você e que está ao seu lado por livre e espontânea vontade?
Promete saber ser amiga(o) e ser amante, sabendo exatamente quando devem entrar em cena uma e outra, sem que isso lhe transforme numa pessoa de dupla identidade ou numa pessoa menos romântica?
Promete fazer da passagem dos anos uma via de amadurecimento e não uma via de cobranças por sonhos idealizados que não chegaram a se concretizar?
Promete sentir prazer de estar com a pessoa que você escolheu e ser feliz ao lado dela pelo simples fato de ela ser a pessoa que melhor conhece você e portanto a mais bem preparada para lhe ajudar, assim como você a ela?
Promete se deixar conhecer?
Promete que seguirá sendo uma pessoa gentil, carinhosa e educada, que não usará a rotina como desculpa para sua falta de humor?
Promete que fará sexo sem pudores, que fará filhos por amor e por vontade, e não porque é o que esperam de você, e que os educará para serem independentes e bem informados sobre a realidade que os aguarda?
Promete que não falará mal da pessoa com quem casou só para arrancar risadas dos outros?
Promete que a palavra liberdade seguirá tendo a mesma importância que sempre teve na sua vida, que você saberá responsabilizar-se por si mesmo sem ficar escravizado pelo outro e que saberá lidar com sua própria solidão, que casamento algum elimina?
Promete que será tão você mesmo quanto era minutos antes de entrar na igreja? Sendo assim, declaro-os muito mais que marido e mulher: declaro-os maduros. Autor: Mário Quintana

Sw e Ma

Postar um comentário